Início » Blog Layout 1 » Bloco das Fraldas: Apenas homens com fralda, chupeta e muita irreverência
Carnaval

Bloco das Fraldas: Apenas homens com fralda, chupeta e muita irreverência

São apenas 250 homens que a mais de 40 anos reúnem-se para fazer parte da tradição do Carnaval. E após o intervalo de dois anos, em virtude da pandemia, eles estão de volta no dia 17 de fevereiro.

O bloco que só desfila com homens é conhecido pela criatividade e irreverência dos foliões vestidos de com fralda, chupeta e muita alegria e ir revência para mais um Carnaval pelas ruas da cidade.

Radialista e Advogado José Arlindo a esquerda

História das Fraldas

O bloco tem seu começo em dezembro de 1975, quando alguns amigos reunidos fundaram o bloco com o com o nome “Unidos do Pacatá”, O abre-alas do bloco tinha um casal – cuja cena era protagonizada por dois homens, com um deles vestido de mulher, já que o bloco é essencialmente masculino; e os demais componentes vinham atrás e representavam os filhos do casal usando fraldas, babadores e chupetas Posteriormente, teve o nome de Filhos da Kojac e depois finalmente o nome que possui até hoje Bloco das Fraldas.

Desde que foi fundado o bloco possui a mesma estrutura 250 foliões, a qual a entrada dá-se através de indicação dos participantes que são acompanhados por amigos e familiares e embalados pela Charanga e movidos a cerveja num carro de apoio.

O bloco sai na sexta, 17/02, a partir das 18h ao som da Charanga 2 de Julho e tem um circuito que se inicia na rua 15 de Novembro, passa pela Marechal Deodoro, Tarifa dos Pescadores, rua 2 de Julho, Passarela da Cultura, Getúlio Vargas e finalizando no Galo.

Ao centro o Ex Sec de Saúde Miguel Balejo

Serviço

Bloco das Fraldas
• Dia: 17 de fevereiro
• Concentração: 18h – Centro de Cultura
• Início: 19h
• Fim: 23h.

About the author

Redação

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário